Família Marquês de Borba a crescer

O fruto de um projeto envolvendo pai e filho enriquece, de novo, a família Marquês de Borba: o Late Harvest 2017 é o complemento de uma marca que há muito se tornou referência do grupo João Portugal Ramos.

A marca tem mais de duas décadas de existência, é a mais emblemática do grupo sedeado em Estremoz e acaba de ser enriquecida com um colheita tardia, apenas lançado em anos excecionais e em edição muito limitada: as uvas de vinhas plantadas em solos argilosos são vindimadas, em adiantado estado de amadurecimento, à mão na derradeira semana de outubro.

As uvas são depois colocadas na câmara frigorífica, iniciando-se com temperaturas negativas, o arrefecimento, até, praticamente, ficarem congeladas.

Após esta fase, as uvas são desengaçadas e prensadas, dando origem a um mosto rico em açúcares. A fermentação processa-se em cubas de inox, com controlo de temperatura, até ao ponto desejado de equilíbrio ente o álcool e o açúcar residual. Com recurso ao frio, a fermentação é suspensa.

A exemplo da gama vinhas velhas, o projeto tem a assinatura do pai - João Portugal Ramos - e do filho - João Maria - para o primeiro vinho de sobremesa do vasto e diversificado portefólio do grupo.

Este vinho, ideal para prolongar uma refeição mais especial, é um 100 por cento Arinto, que estagiou durante 24 meses em barricas de carvalho francês e húngaro com 300 litros de capacidade.

É um branco, naturalmente doce, de cor amarelo dourado, com notas florais e aromas de toranja; volumoso na boca, mas fresco e com um final equilibrado.

Muito agradável e elegante, é ideal para acompanhar foie gras e doçaria conventual e até mesmo o mais prosaico pastel de nata ou até uma salada rica, temperada com vinagrete.

O lançamento deste Late Harvest 2017 assinala a 40.ª vindima de João Portugal Ramos no Alentejo e insere-se na nova era da empresa, com a integração da segunda geração.

Nesta fase em que o crescimento assenta na estratégia e na inovação, surgiram outros novos produtos - Espumante Rosé e Marquês de Borba vinhas velhas branco e tinto - que aumentaram o número de referência da icónica marca alentejana.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de