Artista José Taborda vence do Prémio Arte Jovem Carpe Diem

O artista José Taborda venceu o prémio Arte Jovem Millenium BCP 2018 - Carpe Diem, anunciou hoje a organização do galardão para jovens artistas alunos das artes visuais.

De acordo com a organização, o mesmo júri, constituído por Semíramis González, Bruno Leitão e Pedro Calapez, decidiu atribuir o Prémio Centro Português de Serigrafia a Beatriz Coelho.

O prémio para José Taborda será uma viagem a realizar em 2019 a uma capital europeia, num contexto de um evento artístico, com o intuito de complementar a formação do premiado com visitas programadas a galerias, museus e outros agentes culturais.

O Prémio Centro Português de Serigrafia constitui a realização de uma residência artística no Centro Português de Serigrafia.

Como finalistas a estes prémios tinham sido selecionados trabalhos de sete artistas entre 130 candidaturas, que se encontram expostos desde 14 de julho no espaço Água-Livres 8, na praça das Águas Livres, ficando patente até sábado.

A seleção de artistas para a exposição da edição do Concurso-Prémio Nacional Arte Jovem 2018 foi a seguinte: Beatriz Coelho (Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa-FBAUL), David Dançante (Universidade de Évora), Fernando Marante (Ar.Co.), João Miguel Ramos (Faculdade de Belas Artes do Porto-FBAUP), José Taborda (FBAUL, Lisboa), Maria von Hafe (FBAUP) e Sofia Mascate (FBAUL).

O concurso visa dar a conhecer as propostas dos artistas que acabam de entrar no mundo da arte, "contribuindo para uma visão mais alargada da produção artística nacional; criar a oportunidade de realizar a primeira exposição de apresentação de trabalho, com acompanhamento curatorial, vendas e catálogo; propor uma dinâmica mais competitiva entre escolas e cativar o mercado da arte, criando, assim, novas possibilidades de aquisição por colecionadores e investidores em novos artistas", segundo a organização.

O Carpe Diem Arte e Pesquisa lançou, pela primeira vez, em 2016, o concurso nacional Arte Jovem dirigido a alunos dos cursos de artes visuais finalistas, ou que tenham terminado os cursos nos dois anos anteriores.

O prémio da edição 2018 conta com o apoio da Fundação Millennium BCP e do Centro Português de Serigrafia.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de