UE reitera apoio a desnuclearização da Península da Coreia

A União Europeia (UE) reiterou hoje o seu apoio aos esforços de pacificação na Península Coreana, que considerou fundamental para a paz regional e mundial, apelando a Pyongyang para que cumpra o programa de desnuclearização.

Num comunicado divulgado após o encontro UE-Coreia do Sul, que se sucedeu à cimeira dos 28 com países asiáticos que integram a ASEM, o bloco europeu sublinhou "procurar o progresso das relações inter-coreanas, a desnuclearização e o estabelecimento de um regime pacífico na Península Coreana, vital para a paz e a segurança não só no Nordeste Asiático, mas também a nível mundial".

A UE reiterou ainda o apelo a que a República Popular Democrática da Coreia (Coreia do Norte) desmantele completa, verificável e irreversivelmente o seu arsenal nuclear, bem como outras armas de destruição maciça, mísseis balísticos e programas e instalações que lhe estejam relacionados".

Os 28 manifestaram ainda total apoio aos esforços e iniciativas diplomáticas de Seul, particularmente as reuniões com responsáveis norte-coreanos.

A terceira cimeira para a desnuclearização da península decorreu há um mês.

A Guerra da Coreia (1950-53) terminou com a assinatura de um armistício, que o líder da Coreia do Norte, KimJong-un pretende ver agora substituído por um tratado de paz.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de