Wimbledon: João Sousa "feliz com vitória especial" num torneio do 'Grand Slam'

Londres, 02 jul 2019 (Lusa) - O tenista português João Sousa revelou-se hoje "feliz com uma vitória especial" sobre o britânico Paul Jubb na primeira ronda de Wimbledon, terceiro 'Grand Slam' da época, que decorre até 14 de julho no All England Club.

O vimaranense, número 69 do 'ranking' ATP, precisou de quatro 'sets' para bater o jovem britânico Paul Jubb, de 19 anos, mas conseguiu garantir a qualificação para a segunda ronda, por 6-0, 6-3, 6-7 (8-10) e 6-1.

"Uma vitória no 'Grand Slam' é sempre especial. Entrei muito bem no encontro, consegui jogar a um grande nível, muito concentrado e focado naquilo que tinha de fazer taticamente. As coisas correram muito bem durante os dois primeiros 'sets'. No terceiro, ele conseguiu subir o nível de jogo, eu não servi tão bem, mas também foi mérito dele, porque respondeu melhor", explicou.

Apesar de lembrar ter desperdiçado "algumas oportunidades para fechar o encontro" em três partidas, quando não converteu nenhum dos dois 'match points' que dispôs no terceiro parcial, João Sousa assegura que sentia estar "a jogar bem" e "acreditava que podia vencer."

"E a verdade é que no quarto 'set' voltei ao meu melhor nível e acabei por vencer um encontro difícil, contra um jogador que recebeu um 'wild card' e tinha o público do lado dele", notou o jogador português, de 30 anos, que vai agora enfrentar o croata Marin Cilic na segunda ronda no All England Club.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de