Sánchez ganha etapa na Volta à Suiça, Rui Costa 'afunda-se' na geral

Langnau im Emmental, Suíça, 16 jun 2019 (Lusa) - O espanhol Luís Leon Sánchez (Astana) venceu hoje em Langnau im Emmental a segunda etapa da Volta à Suíça em bicicleta, que levou à mudança da camisola amarela, agora na posse do dinamarquês Kasper Asgreen (Deceuninck-Quick Step).

O português Rui Costa (UAE Team Emirates), já vencedor por três vezes da geral individual desta competição (2011, 2012 e 2014), ficou completamente afastado da luta pelos primeiros lugares, ao não entrar no primeiro pelotão e ceder 8.10 minutos para o vencedor do dia.

A etapa, de 159,6 quilómetros com partida e chegada a Langnau im Emmental, teve já alguma dureza, mas ainda sem a montanha agendada para o final da próxima semana, o que chegou para fazer uma primeira seleção, com um pelotão de seis dezenas de unidades e depois muita gente atrasada.

Luís Leon Sánchez, cronometrado em 4:01.21 horas, conseguiu chegar seis segundos à frente do pelotão, encabeçado pelo eslovaco Peter Sagan (BORA - hansgrohe). O espanhol atacou a 11 quilómetros do fim, chegou a ter meio minuto de vantagem e conseguiu aguentar ainda algum avanço até à meta.

Asgreen foi o quinto do contrarrelógio da véspera e hoje beneficiou das bonificações das metas volantes para chegar ao topo da geral - O australiano Rohan Dennis (Bahrain Merida), que era o anterior líder, caiu para terceiro, um segundo apenas atrás de Asgreen (também líder da juventude) e Sagan, que tem o mesmo tempo do camisola amarela.

As seis subidas de segunda categoria ao longo do trajeto foram fatais para Rui Costa, muito longe da forma que patenteava há meia dúzia de anos. Foi 84.º e com o tempo que cedeu caiu 29 lugares, para 83.º, a 8.42.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados