Música

Marilyn Manson lança novo álbum «cheio de ruído e fúria»

Sempre polémico e provocador, Marilyn Manson lança um novo álbum este mês de Fevereiro. "Born Villain" é um trabalho conceptual, «cheio de ruído e fúria», como descreve o cantor através das palavras de Macbeth.

Esta personagem de Shakespeare surge citada por Marilyn Manson numa espécie de curta-metragem dirigida pela estrela de Hollywood Shia LaBeouf e que serve de aperitivo para um disco ainda envolto em mistério.

Cenas de sadomasoquismo, referências à pedofilia e uma imagem do cantor a perfurar uma bochecha fazem parte de um videoclip obscuro e intenso. Mais uma excentricidade de Marilyn Manson que esconde o rosto de Brian Hugh Warner.

O seu nome artístico foi formado a partir de Marilyn Monroe e do serial killer Charles Mandson como uma forma de chamar a atenção para o dualismo da cultura norte-americana. Uma união inusitada que joga bem com a polémica que é uma imagem de marca do artista.

Um trabalho de Ana Sofia Calaça

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.