23-F Espanha: "Isto não é a ETA, é um golpe de estado e somos nós que o fazemos"

É uma data que marca a democracia espanhola, o 23-F. Foi há quarenta anos que a democracia sobreviveu à tentativa de golpe militar comandado por um tenente-coronel chamado António Tejero.

O El País retrata hoje diálogos entre militares envolvidos, o empenho de Tejero em não haver diálogo com os deputados...

Manuel Molina aparece na capa do ABC... no 23-F tinha 21 anos, era guarda civil e é citado com algo que disse ou ouviu dizer na altura: "isto não é nada a ETA, é um golpe de estado e somos nós que o fazemos"... foto tirada à frente do congresso dos deputados que ajudou a tentar tomar (cumpria ordens de Tejero),Manuel Molina é hoje vereador do PSOE em Alicante...

Coisas da memória e da idade... o La Razon traz em manchete uma sondagem que indica que mais de 70% dos jovens entre 18 e 34 anos não sabe quem é Tejero...

O Vanguardia conta-nos hoje que socialistas e PP se preparam para um pacto judicial depois de dois anos de bloqueio...

O Voz da Galiza diz que a desescalada começa a aplicar-se sexta-feira na Galiza...

O Ponto Final de Macau conta que no primeiro dia de vacinação no território foram feitas 2500 inoculações...

No americano USA Today, "1 ano, 500 mil vidas perdidas"... os trabalhadores da saúde lutam contra o desgosto e exaustão. Os Estados Unidos já contam meio milçhão de mortos com a Covid.

O Estado de São Paulo faz manchete com a notícia de que a ingerência do Planalto (isto é, a presidência da república brasileira) faz a petrolífera Petrobras cair em bolsa 113 mil milhões de reais... cerca de 17 mil milhões de euros...

Na Folha de São Paulo, mercado reage a Bolsonaro e indicadores do país derretem... açoes da Petrobrás caem mais de vinte por cento...

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de