"A pandemia não pode tornar-se uma desculpa para justificar" insegurança no emprego

O líder da Igreja Católica sublinha que "a crise pode ser enfrentada como uma oportunidade para crescer juntos em solidariedade e qualidade do trabalho" e não como uma desculpa para justificar a insegurança no trabalho.

O papa Francisco afirmou neste sábado que a pandemia não deve ser uma desculpa que justifique insegurança no emprego, mas uma oportunidade para fortalecer a sua qualidade.

O papa mostrou a sua proximidade com as pessoas que vivem situações difíceis "neste momento de crise económica e social", durante uma audiência que realizou no Vaticano com membros da Associação Italiana de Químicos do Couro.

"Muitos trabalhadores e muitas famílias estão a passar por situações difíceis, agravadas pela pandemia. Mas a pandemia não pode e não deve tornar-se uma desculpa para justificar omissões na justiça ou na segurança. Pelo contrário, a crise pode ser enfrentada como uma oportunidade para crescer juntos em solidariedade e qualidade do trabalho", disse.

O papa também pediu que o setor, que utiliza produtos químicos, se consciencialize sobre a importância de proteger o meio ambiente.

"Há outro aspeto que eu gostaria de abordar (...) o impacto ambiental de atividades que, como a sua, usam produtos químicos para tratar materiais, no seu caso couro destinado a transformar-se em bolsas, sapatos e tantas coisas que usamos todos os dias. Vocês também são chamados a dar uma contribuição específica para o cuidado da nossa casa comum", indicou.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de