Ainda não há candidato europeu à liderança do FMI

Dijsselbloem e Georgieva falharam a maioria necessária para a designação do candidato europeu à liderança do Fundo Monetário Internacional

Ainda não foi desta que os líderes europeus chegaram a acordo sobre quem vai ser o candidato europeu à liderança do Fundo Monetário Internacional.

Na votação que esteve a decorrer esta sexta-feira, uma grande parte dos líderes europeus deu o seu voto à búlgara Kristalina Georgieva mas não foram suficientes para alcançar a maioria necessária para a nomeação.

Um candidato precisa de 55 por cento dos votos dos 28 Estados membros, representantes de pelo menos 65 por cento da sua população.

As conversações continuam esta sexta-feira para quebrar o impasse.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de