Falso alarme. Erro de piloto origina operação militar no aeroporto de Amesterdão

O avião pertence à companhia espanhola Air Europa.

Algumas zonas do aeroporto de Amesterdão encontram-se encerradas enquanto a polícia investiga "uma ocorrência a bordo de um avião". Segundo a companhia Air Europa, dona do avião, o "alarme foi ativado pelo piloto acidentalmente".

As informações iniciais foram avançadas no Twitter através da conta oficial daquele aeroporto, sem que tenham sido avançados mais pormenores.

O avião pertence à companhia espanhola Air Europa e operava o voo UX1094 com destino a Madrid. Segundo o jornal holandês De Telegraaf , as autoridades holandesas ativaram os planos de emergência para "incidentes graves com consequências relevantes para a população".

Imagens partilhadas por vários passageiros mostram várias zonas do aeroporto isoladas pela policia.

Os passageiros já foram retirados do interior do avião.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de