Falso alarme. Erro de piloto origina operação militar no aeroporto de Amesterdão

O avião pertence à companhia espanhola Air Europa.

Algumas zonas do aeroporto de Amesterdão encontram-se encerradas enquanto a polícia investiga "uma ocorrência a bordo de um avião". Segundo a companhia Air Europa, dona do avião, o "alarme foi ativado pelo piloto acidentalmente".

As informações iniciais foram avançadas no Twitter através da conta oficial daquele aeroporto, sem que tenham sido avançados mais pormenores.

O avião pertence à companhia espanhola Air Europa e operava o voo UX1094 com destino a Madrid. Segundo o jornal holandês De Telegraaf , as autoridades holandesas ativaram os planos de emergência para "incidentes graves com consequências relevantes para a população".

Imagens partilhadas por vários passageiros mostram várias zonas do aeroporto isoladas pela policia.

Os passageiros já foram retirados do interior do avião.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados