"Não desejo ao meu pior adversário que tenha de gerir o país em tempo de pandemia"

A Covid-19 provocou pelo menos 5.261.473 mortes em todo o mundo, entre mais de 265,80 milhões infeções pelo coronavírus registadas desde o início da pandemia

PorTSF
© LUSA

Mais 61.874 pessoas vacinadas com dose de reforço em 24 horas

Mais de 1,7 milhões de pessoas já receberam a dose de reforço da vacina contra a Covid-19, 61.874 delas nas últimas 24 horas, segundo dados desta quarta-feira da Direção-Geral da Saúde (DGS).

De acordo com o boletim diário da DGS relativo à vacinação, já foi administrado esse reforço da imunização contra o coronavírus da Covid-19 a 1.722.665 pessoas.

LER MAIS

IL exige divulgação de pareceres científicos que levaram à decisão da vacinação de crianças

A Iniciativa Liberal exige que sejam divulgados na íntegra os pareceres dos especialistas ouvidos pela Direção-Geral da Saúde, que levaram à decisão favorável à vacinação das crianças entre os cinco e os 11 anos. É uma ação que o partido diz ser "indispensável" para combater a "desinformação" e a "especulação".

LER MAIS

Holanda inicia a 20 de dezembro vacinação de crianças com problemas de saúde

O Ministério da Saúde holandês anunciou esta quarta-feira que iniciará a 20 de dezembro a vacinação contra a Covid-19 em crianças entre 05 e 11 anos com problemas de saúde, nomeadamente com asma grave ou doenças pulmonares crónicas.

O ministro da Saúde, Hugo de Jonge, seguiu a recomendação do Conselho de Saúde, que preconizava o início da vacinação pediátrica com a Pfizer em crianças com maior risco de saúde, para que a campanha infantil comece daqui a duas semanas, embora com dose menor do que o utilizado em adultos, de acordo com as indicações da Agência Europeia de Medicamentos (EMA).

LER MAIS

Variante Ómicron já identificada em 57 países

A variante Ómicron do vírus da Covid-19 foi detetada até agora em 57 países, com a maioria dos casos analisados a serem assintomáticos ou ligeiros, segundo um relatório desta quarta-feira da Organização Mundial da Saúde (OMS).

O documento alerta, por outro lado, para a alta possibilidade de reinfeção de pessoas que já tiveram o vírus SARS-CoV-2 com esta variante.

LER MAIS

OMS pede revisão de planos de resposta nacionais face a nova variante de Covid

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde pediu esta quarta-feira aos governos para reverem as suas estratégias sanitárias de resposta à Covid-19 face à nova variante do vírus da doença, a Ómicron, que parece ser mais contagiosa.

"Cada Governo, cada indivíduo, deve usar todos os instrumentos de que dispomos e os Estados devem rever os seus planos nacionais à luz da situação atual", afirmou Tedros Adhanom Ghebreyesus, numa conferência de imprensa sobre a situação da pandemia de Covid-19.

LER MAIS

Variante Ómicron leva governo britânico a acionar plano B

O Governo britânico vai acionar o "plano B" para tentar controlar o avanço da variante Ómicron, introduzindo a recomendação para o teletrabalho e o uso de passes sanitários em discotecas e grandes eventos, anunciou o primeiro-ministro, Boris Johnson.

O chefe do Governo disse numa conferência de imprensa ser "proporcional e responsável passar para o Plano B" perante o avanço da nova variante do vírus SARS-CoV-2, que provoca a Covid-19, cujos dados mostram que o número de casos está a duplicar cada dois a três dias.

LER MAIS

Dinamarca fecha escolas e limita vida noturna devido a nova vaga de Covid-19

A Dinamarca vai fechar escolas, limitar a vida noturna e incentivar os cidadãos a trabalhar a partir de casa para tentar conter os casos de Covid-19, revelou, esta quarta-feira, a primeira-ministra Mette Frederiksen.

LER MAIS

Portugal entregou a Angola mais 477.600 doses de vacinas

Portugal disponibilizou a Angola, através da iniciativa Covax (Acesso Global às Vacinas da Covid-19), mais 477.600 doses de vacinas contra a Covid-19 (da Moderna) que foram entregues às autoridades de saúde esta quarta-feira, informou o Ministério dos Negócio Estrangeiros.

De acordo com uma nota de imprensa do Gabinete do secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, com esta doação, enquadrada na segunda fase do Plano de Ação na resposta sanitária à pandemia Covid-19 entre Portugal e os países africanos lusófonos e Timor-Leste, "o total de vacinas enviadas para Angola ascende a quase um milhão e quatrocentas mil doses (1.397.600)".

LER MAIS

Multadas 21 companhias aéreas e 591 passageiros nos aeroportos portugueses em seis dias

Vinte e uma companhias aéreas e 591 passageiros foram multados nos aeroportos portugueses nos primeiros seis dias de obrigatoriedade de desembarcarem com teste negativo à Covid-19 ou certificado de recuperação, revelou à Lusa o Ministério da Administração Interna.

Desde 1 de dezembro que todos os passageiros que cheguem a Portugal por via área são obrigados a apresentar teste negativo à Covid-19 ou certificado de recuperação no desembarque.

LER MAIS

ASAE suspende restaurantes, bares e discotecas por incumprimento das regras da pandemia

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) suspendeu dez estabelecimentos durante uma operação de fiscalização de restaurantes, bares e discotecas por não cumprimento das regras definidas no contexto da pandemia de Covid-19, foi anunciado nesta quarta-feira.

Em comunicado, a ASAE refere que a operação 'Outbreak - Fase II' decorreu durante a última noite, nas cidades de cidades de Porto, Viana do Castelo, Vila Real, Leiria, Aveiro, Castelo Branco, Lisboa, Cascais, Rio Maior, Tomar, Portalegre e Faro, envolvendo 60 inspetores.

LER MAIS

Portugal regista 5286 novos casos de Covid-19 e 15 mortes. Rt e incidência sobem

Estão confirmadas 18.587 mortes devido à Covid-19 em Portugal, mais 15 do que no último boletim epidemiológico emitido pela Direção-Geral da Saúde (DGS). O número de pessoas infetadas pela doença até agora é de 1.177.706, mais 5286 nas últimas 24 horas.

LER MAIS

Boris Johnson pede desculpa por vídeo de polémico mas nega festa em Downing Street

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, pediu nesta quarta-feira desculpas pelo conteúdo de um vídeo que mostrava assessores a gracejar sobre uma alegada festa de Natal em Downing Street, mas a oposição questionou a "autoridade moral" para se manter em funções.

Na abertura do debate semanal no Parlamento, Johnson afirmou que estava "furioso" com as imagens e que pediu ao chefe de gabinete para que investigue as alegações sobre uma festa no edifício da residência oficial, contrariando as regras do confinamento na altura.

LER MAIS

"Às vezes, é melhor perder a vida do que perder a liberdade." Brasil permite entrada de não vacinados

O Brasil decidiu que permite a entrada de pessoas não vacinadas contra a Covid-19. O anúncio acontece numa altura em que várias cidades, incluindo o Rio de Janeiro, cancelaram os festejos da passagem de ano devido à escalada dos contágios com a nova variante da Covid-19, Ómicron.

LER MAIS

Pelo sim, pelo não. Pfizer e BioNTech anunciam que terão vacina contra a Ómicron em março

Poderá não ser preciso, mas as farmacêuticas Pfizer e BioNTech anunciaram, em comunicado, que terão pronta em março de 2022 uma vacina especificamente desenhada para combater a nova variante do coronavírus, a Ómicron.

Este anúncio foi feito, apesar de, segundo as farmacêuticas, a vacina atualmente disponível - e que, no caso da Pfizer, até está autorizada para crianças -, ser eficaz contra esta nova variante do SARS-CoV-2, depois de tomada a dose de reforço.

LER MAIS

Surto de Covid-19. Única ambulância que serve hospital de Portimão está "inoperacional"

O INEM confirmou que a ambulância médica de Portimão "está inoperacional" devido a um surto de Covid-19 na equipa de emergência pré-hospitalar, mas garantiu que o dispositivo de ambulâncias está assegurado pelos bombeiros locais.

"O INEM solicitou aos Bombeiros Voluntários de Portimão que reforçassem o dispositivo de ambulâncias afetas à atividade de emergência médica, de forma a garantir a pronta e adequada resposta aos pedidos de ajuda recebidos, o que se tem verificado", esclareceu o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) numa nota enviada à agência Lusa.

LER MAIS

"Há mais saúde para além do Covid." Costa diz que internamentos estão num nível "controlado"

António Costa admite, em entrevista ao programa "Casa Feliz", na SIC, a importância de manter a "humildade" no processo de aprendizagem quanto à pandemia, e volta a elogiar a "compreensão" e "espírito de solidariedade" dos portugueses, que têm mostrado ser muito responsáveis. "É motivo para os portugueses terem orgulho de si mesmos", diz o primeiro-ministro, justificando que, mesmo com "medos" e "receios", a população não hesitou quanto às medidas como a vacinação.

Exaltando as qualidades "coletivas" dos portugueses, o primeiro-ministro lamenta, no entanto, que os portugueses sejam mais autoconscientes dos defeitos do que das suas qualidades. "Esta é uma História coletiva... Não foi só um futebolista, aquele cientista... Temos de estar orgulhosos."

"Os portugueses têm um infinito bom senso", elogia, garantindo que, na rua, tem ouvido muitas vezes "obrigado" ao longo destes últimos dois anos.

"Os efeitos negativos da vacina, ao fim de um ano, já se teriam manifestado."

Quanto à vacinação das crianças, Costa diz ser "claramente importante" a inoculação desta faixa etária, que é altamente transmissora da doença, mesmo que não desenvolva casos graves de infeção. Há vários países que já estão a vacinar as crianças, argumenta. Como o vírus continua a circular, a probabilidade de aparecerem novas variantes é potenciada. A infeção de crianças é também um problema porque, de cada vez que acontece, há uma turma inteira que vai para casa. Após um ano de grandes golpes para a educação, este é também um fator que o primeiro-ministro considera advogar a favor da vacinação infantil, que deve começar nos 11 anos e deve ir descendo, atingindo mais tarde o grupo dos cinco anos. Já foram compradas as doses que se destinam este grupo, mas ainda não foi determinado o intervalo entre ambas as tomas.

As pessoas que recusam ser vacinas "felizmente são poucas, e têm de refletir", exorta o primeiro-ministro. Falando da desinformação e dos perigos das teorias da conspiração, Costa diz compreender alguns receios quanto à celeridade com que esta vacina foi desenvolvida, mas tranquiliza: a "enorme" amostra de portugueses vacinados, face às poucas reações adversas, deve falar mais alto.

"Aquilo que os portugueses nos pedem não é que nos queixemos", frisa o líder do Governo, numa referência à dificuldade com que lidou com todo este processo de superação da pandemia. "Se tive momentos difíceis? Não desejo ao meu pior adversário que tenha de gerir o país em tempo de pandemia."

António Costa diz não ter quaisquer dúvidas de que será necessário dar uma atenção reforçada à saúde mental, dado o impacto coletivo da pandemia. Hoje, mesmo com o nível de contágios, há uma menor pressão no SNS e um número "controlado" de internamentos", assevera o primeiro-ministro.

"Há mais saúde para além do Covid", disse ainda Costa, lembrando que não é possível ter sempre tantos recursos mobilizados para a testagem, como aconteceu há um ano.

António Costa nota ainda que há lares que estão a exigir um teste antigénio ou PCR para visita aos idosos institucionalizados. No entanto, a norma da DGS assinala que é possível fazer um autoteste, desde que seja feito na presença de um profissional de saúde que trabalhe no lar.

OMS acredita que variante Ómicron não é mais severa do que as outras variantes

Investigadores da Organização Mundial de Saúde defendem agora que a variante Ómicron não "parece ser pior" do que outras estirpes do coronavírus, embora admitam que são necessários mais estudos para apurar a sua severidade. Num momento em que dezenas de países estão a reforçar as medidas de restrição devido à Ómicron, a OMS analisa que, apesar de esta variante ser "provavelmente" mais transmissível do que outras, "os primeiros dados não apontam para que seja mais severa".

"Aliás, tudo indica que terá menos gravidade", referem os altos responsáveis da organização. Também o investigador norte-americano Anthony Fauci já tinha defendido que a Ómicron não era mais perigosa do que a Delta, embora seja mais contagiosa.

LER MAIS

Boris Johnson pressionado a esclarecer alegações de festa imprópria

A resposta de Boris Johnson, dos atuais porta-vozes e de outros ministros tem alternado invariavelmente entre "não houve nenhuma festa de Natal" e "as regras sempre foram respeitadas", mas alguns deputados do Partido Conservador começaram a mostrar desconforto com a polémica, agravada com a divulgação do vídeo interno onde os assessores gozam com a situação.

LER MAIS

Mortes devido à Covid-19 sobem ao nível de fevereiro na Alemanha

A incidência acumulada a sete dias voltou a cair nesta quarta-feira na Alemanha, após registar máximos dia após dia em novembro, enquanto o número de mortos, num total de 527, subiu para os níveis de fevereiro.

A incidência é de 427 novas infeções por cem mil habitantes em sete dias, contra 432,2 na terça-feira, 442,9 na semana anterior e 201,1 no mês anterior, segundo os últimos dados do Instituto Robert Koch (RKI) de virologia alemão.

LER MAIS

Fotografia: Epa

Vídeo mostra que Governo britânico fez festa de Natal em 2020 apesar das restrições

Um vídeo divulgado na terça-feira pelos media britânicos mostra que o Governo do Reino Unido realizou uma festa de Natal há um ano, quando estavam em vigor fortes restrições devido à pandemia de Covid-19.

As imagens, divulgadas pelo canal ITV, mostram a então porta-voz do governo, Allegra Stratton, a participar numa falsa conferência de imprensa - sem a presença de jornalistas - em que é questionada de forma jocosa por funcionários sobre a festa que teve lugar quatro dias antes, a 18 de dezembro de 2020, em Downing Strett.
LER MAIS

António Guterres em isolamento após contacto com infetado

O secretário-geral das Nações Unidas (ONU), António Guterres, foi identificado na terça-feira como contacto de um funcionário infetado com Covid-19, e estará em isolamento profilático vários dias, disseram fontes diplomáticas à agência France-Presse (AFP).

O chefe da ONU, com 72 anos, cancelou os próximos encontros presenciais, disseram as mesmas fontes à AFP.

Na noite de quarta-feira, Guterres deveria participar, como convidado de honra, na gala anual da associação da imprensa da ONU, em Manhattan, e na quinta-feira numa reunião do Conselho de Segurança sobre os desafios do terrorismo e as alterações climáticas, liderada pelo Presidente do Níger, Mohamed Bazoum.
LER MAIS

DGS recomenda vacina contra a Covid para todas as crianças dos 5 aos 11 anos

A Direção-Geral da Saúde (DGS) anunciou esta terça-feira a recomendação da vacinação de todas as crianças entre os cinco e os 11 anos. As crianças com doenças consideradas de risco para a Covid-19 terão prioridade.

"A Direção-Geral da Saúde (DGS) recomenda a vacinação das crianças entre os 5 e os 11 anos, com prioridade para as crianças com doenças consideradas de risco para Covid-19 grave. A vacina a utilizar será a Comirnaty® [produzida pela Pfizer/BioNTech], que tem parecer positivo da Agência Europeia de Medicamentos (EMA) para a formulação pediátrica, à data", anunciou a DGS em comunicado.

LER MAIS

Sem vaga nas farmácias, solução para entrar no Dragão está à porta do estádio

​​​​​​​Para assistir à partida de hoje entre o Porto e o Atlético de Madrid para a Liga dos Campeões, os adeptos têm de apresentar o certificado de recuperação da Covid-19 ou um teste negativo. O FC Porto instalou, para esse efeito, dez tendas à volta do Estádio do Dragão, onde é possível fazer testes rápidos antigénio. Alguns adeptos viram nesta iniciativa do clube a única forma de poder entrar no estádio.

Com falta de vaga nas farmácias, a solução para ir ver o jogo está mesmo à porta do estádio. "Já que há dez tendas", Manuel Abreu decidiu deslocar-se até ao recinto do jogo desta noite, uma vez que numa farmácia "iria tomar um pouco mais de tempo".

O adepto portista foi, mesmo assim, obrigado a organizar a vida de maneira diferente. "Faltei à minha última aula para estar aqui, para também saber o resultado um pouco antes da entrada no estádio", confessa.

LER MAIS

Faixa mais afetada é dos 5 aos 14. OMS Europa apela a uma melhor proteção das crianças

A Organização Mundial da Saúde (OMS) Europa apelou esta terça-feira, perante a evolução da pandemia de Covid-19, a uma melhor proteção das crianças dos 5 aos 14 anos, atualmente a faixa etária mais afetada.

Numa conferência de imprensa 'online', o diretor da OMS/Europa, Hans Kluge, considerou a vacinação obrigatória, decidida ou considerada por alguns países, como um remédio de "último recurso absoluto".

"A obrigatoriedade em relação à vacina é um último recurso absoluto e aplicável apenas quando todas as opções viáveis para melhorar as taxas de vacinação tiverem sido esgotadas", disse o diretor da OMS para a Europa.

LER MAIS

Espanha aprova vacinação das crianças dos 5 aos 11 anos

As autoridades de saúde espanholas aprovaram, esta terça-feira, a vacinação das crianças dos 5 aos 11 anos, avança o El País. A campanha de vacinação terá início a 15 de dezembro.

A decisão da Comissão de Saúde Pública surge depois de a Agência Europeia do Medicamento ter validado a vacina da Pfizer para estas faixas etárias.

LER MAIS

Metro oferece viagens de ida e volta ao centro de vacinação de Lisboa

O Metropolitano de Lisboa vai oferecer transporte gratuito a quem se desloque ao Centro de Vacinação do Oriente, na Feira Internacional de Lisboa (FIL), para ser vacinado na modalidade de agendamento ou de "casa aberta", informou esta terça-feira a empresa.

Para aceder a duas viagens gratuitas, o utente terá de se pré-inscrever no site do metro (em www.metrolisboa.pt) ou utilizar o telefone 213500115 (de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 19h00).

LER MAIS

Mais 21 mortes e 3417 novos casos de Covid em Portugal. Internamentos descem

Estão confirmadas 18.572 mortes devido à Covid-19 em Portugal, mais 21 do que no último boletim epidemiológico emitido pela Direção-Geral da Saúde (DGS). O número de pessoas infetadas pela doença até agora é de 1.172.420, mais 3417 nas últimas 24 horas.

Há, neste momento, 60.584 casos ativos.

LER MAIS

Grande Lisboa e região Norte ultrapassam os mil casos diários

De acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde, Lisboa e Vale do Tejo (LVT) e a região Norte ultrapassam os mil casos diários. Nas últimas 24 horas, LVT conta com 1036 novas infeções e a região Norte com 1094. Já o Centro regista 799 novos casos, o Algarve 272, o Alentejo 74, a Madeira 115 e os Açores 27.

LER MAIS

AHRESP pede medidas compensatórias face a suspensão de festejos de ano novo

A AHRESP pediu medidas compensatórias para enfrentar os efeitos da suspensão de festas de ano novo, canceladas por várias autarquias, considerando que tal decisão vem "abalar a confiança, quer das empresas, quer dos consumidores".

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) refere no seu boletim diário que não coloca "em causa os motivos que levam a estes cancelamentos", mas que estas comemorações, "geralmente ao ar livre, têm um papel muito importante para o turismo, em particular para a dinamização das atividades da restauração, similares e do alojamento turístico".

LER MAIS

OMS desaconselha tratamento com plasma de recuperados de Covid-19

A Organização Mundial da Saúde (OMS) manifestou-se contra o tratamento com plasma de doentes recuperados para tratar casos de Covid-19, alegando que as investigações mostram que não aumenta a probabilidade de sobreviver ou reduzir a necessidade de ventilação.

O plasma convalescente é um tratamento experimental que envolve a transfusão de plasma sanguíneo de uma pessoa que recuperou da Covid-19 para pacientes que lutam contra a doença.
LER MAIS

Índia com mínimo histórico de infeções e 23 casos da variante Ómicron

A Índia detetou até agora 23 casos da variante Ómicron do coronavírus SARS-CoV-2, numa altura em que o número diário de infeções no país caiu para mínimos históricos desde maio de 2020.

Nas últimas 24 horas, a Índia registou 6822 novos casos de Covid-19, o valor mais baixo em 18 meses, confirmando a tendência decrescente das infeções nas últimas semanas, de acordo com a agência de notícias EFE.

O país registou ainda 220 mortes nas últimas 24 horas, elevando para 473.757 o total de óbitos desde o início da pandemia.

Variante Ómicron aumentou 3000% numa semana no Reino Unido

O número de pessoas no Reino Unido infetadas com a variante Ómicron do novo coronavírus aumentou 3.000% numa semana, de 11 para 336, tendo o ministro da Saúde britânico reconhecido hoje haver casos sem origem em viagens do estrangeiro.

"Podemos concluir que existe agora transmissão na comunidade em várias regiões de Inglaterra", afirmou Sajid Javid numa intervenção no Parlamento britânico para atualizar os deputados sobre a situação.
LER MAIS

EMA aprova medicamento para tratar casos graves da doença

​​​​​​​A Agência Europeia do Medicamento (EMA, na sigla em inglês) aprovou esta segunda-feira o medicamento RoActemra, já utilizado em doenças inflamatórias, para tratar casos graves de Covid-19 em pessoas adultas.

"O Comité de Medicamentos Humanos (CHMP) da EMA recomendou o alargamento da indicação do RoActemra (tocilizumab) para incluir o tratamento de adultos com Covid-19 que estejam a receber tratamento sistémico com corticosteroides e necessitem de oxigénio suplementar ou ventilação mecânica", adiantou o regulador europeu em comunicado.
LER MAIS

Relacionados

Veja Também

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG