Cerca de 500 migrantes à deriva num barco perto de Malta

O barco partiu de Tobruk, na Líbia.

PorLusa
© Sameer Al-Doumy/AFP (arquivo)

Cerca de 500 migrantes estão à deriva num barco com problemas no motor, sem água nem comida, muito perto de Malta, alertou esta segunda-feira o serviço Alarm Phone, que atende os pedidos de ajuda de barcos de migrantes no Mediterrâneo central.

"Cerca de 500 pessoas estão em perigo na zona de busca e salvamento de Malta. O Alarme Phone foi avisado por uma grande embarcação, com cerca de 500 pessoas que partiram de Tobruk, na Líbia. Têm problemas com o motor, algumas pessoas estão doentes, não têm comida nem água", alertou o serviço nas redes sociais.

"Alertámos as autoridades e exigimos uma operação de resgate imediata!", salientou o Alarme Fone, citado pela agência espanhola Efe.

Paralelamente, a organização Médicos Sem Fronteiras (MSF) denunciou hoje que as 470 pessoas resgatadas pelo seu barco, o Geo Barents, no Mediterrâneo Central, continuam à espera, algumas delas há mais de uma semana, de um porto seguro para desembarcar, apesar dos seis pedidos que foram enviados às autoridades italianas.

Também à espera de um porto estão os 145 migrantes a bordo do Sea Watch, alguns dos quais foram resgatados há mais de dez dias. Entre os salvos estão 44 menores, dos quais 37 não estão acompanhados.

Este ano, até hoje, chegaram 14.764 migrantes às costas de Itália, mais 1.596 face ao mesmo período do ano passado, segundo dados do Ministério do Interior italiano.

Relacionados

Veja Também

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG