Navio-escola da Marinha brasileira choca contra ponte no Equador

Um rebocador da Marinha do Equador, que saiu em auxílio do navio, acabou virado para baixo.

PorCátia Carmo
© YouTube

Um navio-escola da Marinha do Brasil colidiu, na segunda-feira, com uma ponte pedestre nos arredores de Guayaquil, no Equador, enquanto fazia uma manobra para deixar um porto no rio Guayas. Várias testemunhas filmaram o momento que a Marinha do Brasil já justificou como "efeito da corrente".

Um rebocador da Marinha do Equador, que saiu em auxílio do navio, acabou virado para baixo. Apesar do susto, não houve registo de feridos.

"Neste momento, o navio-escola Cisne Branco encontra-se em segurança, aguardando disponibilidade no cais para atracar em Guayaquil, onde serão avaliadas as condições do material, mais detalhadamente", explicou a Marinha do Brasil num comunicado enviado à UOL Brasil.

Já o rebocador que ajudou o navio-escola, segundo a Marinha do Equador, está também em local seguro e não chegou a contaminar as águas do rio com combustíveis nem com outros materiais tóxicos. Agora será aberta uma investigação, com a participação das Forças Armadas dos dois países, para apurar as causas do acidente.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG