Rainha Margarida da Dinamarca retira títulos a quatro netos

Só os filhos do príncipe herdeiro vão manter os títulos. A mãe de dois dos netos em causa mostrou-se "chocada" com a decisão.

PorCarolina Rico
© Mads Claus Rasmussen/Ritzau Scanpix/AFP

A rainha Margarida da Dinamarca decidiu retirar os títulos reais a quatro dos seus oito netos.

O objetivo, segundo a casa real, é que os quatro filhos do filho mais novo da rainha - o príncipe Joaquim - posam levar vidas mais "normais".

"A partir do dia 1 de janeiro de 2023, os descendentes de Sua Alteza Real o Príncipe Joaquim só poderão usar seus títulos de Conde e Condessa de Monpezat, os seus títulos anteriores de Príncipe e Princesa da Dinamarca deixarão de existir."

"Com esta decisão, Sua Majestade a Rainha quer criar uma estrutura para que os quatro netos possam moldar sua própria existência sem serem limitados pelas considerações e obrigações especiais que uma afiliação formal à instituição da Casa Real implicam", pode ler-se num comunicado divulgado pelo palácio.

O príncipe Joaquim, de 53 anos, tem quatro filhos de dois casamentos: Nikolai, Felix, Henrik e Athena, com idades que vão dos 23 e os 10 anos.

Em declarações à imprensa dinamarquesa, a mãe dos dois filhos mais velhos mostrou-se "chocada" com a decisão.

"Isso veio do nada. As crianças sentem-se excluídas", afirmou a condessa Alexandra, ao jornal BT, citado pela agência France Press. "Não conseguem entender por que é que a sua identidade lhes está a ser retirada."

Os outros quatro netos da rainha Margarida, a monarca há mais tempo no trono do continente europeu, filhos do príncipe herdeiro Frederik, de 54 anos, vão manter seus títulos.

Relacionados

Veja Também

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG