Venezuelano de 112 anos é agora o homem mais velho do mundo

Juan Vincente Pérez nasceu a 27 de maio de 1909 na cidade de El Cobre, no estado de Tachir, e é, segundo o livro dos recordes, o homem vivo "mais velho do mundo".

PorLusa
© Jhonny Parra/AFP

Juan Vincente Pérez, um agricultor venezuelano de 112 anos, é agora o homem mais velho do mundo, após a morte de um espanhol com a mesma idade, anunciou na terça-feira o Guinness World Records.

Nascido em 27 de maio de 1909 na cidade de El Cobre, no estado de Tachir, Juan Vincente Pérez é oficialmente o homem vivo "mais velho" do mundo, afirma em comunicado o livro dos recordes, que constatou esta situação no passado dia 04 de fevereiro.

"Tem uma saúde e memória excecionais. Lembra-se da sua infância, do seu casamento, dos nomes dos seus irmãos, filhos e netos", afirma o Guinness sobre o homem que vive na cidade montanhosa de San José de Bolivar, também no estado de Tachira, e que vai celebrar o seu 113.º aniversário dentro de 10 dias.

Refere ainda que Juan Vincente Pérez "gosta de estar rodeado de família e amigos para conversar e contar histórias" e que o seu segredo de longevidade é trabalhar duro, descansar bem à noite e "beber um copo de conhaque todos os dias".

Vincente Pérez começou a trabalhar desde tenra idade como agricultor. Já adulto, trabalhou como oficial de justiça para resolver disputas de terras na aldeia de Caricuena, onde vivia na época.

Ficou viúvo há 25 anos, após 60 anos de casamento. Teve 11 filhos, 41 netos, 18 bisnetos e 12 bisnetos.

A família está "muito agradecida pelo estado de saúde" do patriarca, segundo uma das suas filhas, Nelyda.

O espanhol Saturnino de la Fuente Garcia, nascido em 11 de fevereiro de 1909, também tinha 112 anos quando morreu no passado dia 19 de janeiro, a menos de um mês de comemorar o 113.º aniversário.

Relacionados

Veja Também

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG