"Vou ter saudades de Portugal." Embaixadora ucraniana explica saída do cargo

Inna Ohnivets vai continuar a trabalhar no Ministério ucraniano dos Negócios Estrangeiros.

PorRita Costa com Guilherme de Sousa
© Lusa (arquivo)

A embaixadora da Ucrânia em Lisboa, Inna Ohnivets, soube que ia deixar o cargo "há duas semanas". Em declarações à TSF, a diplomata revelou que foi o ministro dos Negócios Estrangeiros, Dmytro Kuleba, que lhe deu essa informação. O chefe da diplomacia ucraniana agradeceu-lhe o trabalho desenvolvido em Portugal e ofereceu-lhe outros cargos no Ministério ucraniano dos Negócios Estrangeiros.

"Trabalho aqui durante muitos anos e posso dizer que há duas semanas atrás o nosso ministro dos Negócios Estrangeiros também ligou para mim e avisou sobre este plano de me demitir. Ele agradeceu o meu trabalho aqui em Portugal e também informou que vou continuar o meu trabalho no Ministério dos Negócios Estrangeiros, na Ucrânia", disse.

A embaixadora Inna Ohnivets explica saída de Lisboa.

Your browser doesn’t support HTML5 audio

Inna Ohnivets diz que ainda não tem informação sobre os cargos que lhe serão propostos depois de deixar a embaixada em Lisboa, onde trabalha desde 2015.

"Gosto muito de Portugal e adoro a Língua Portuguesa. Tenho os contactos dos representantes da sociedade portuguesa, portanto, decerto, vou ter saudades", acrescentou.

O Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, destituiu Inna Ohnivets das funções de embaixadora da Ucrânia em Portugal, comunicou o chefe de Estado no seu site oficial.

Numa nota, assinada na sexta-feira, o Presidente ucraniano dá conta da "destituição" de Inna Ohnivets do cargo de embaixadora extraordinária e plenipotenciária da Ucrânia junto da República Portuguesa.

ACOMPANHE AQUI TUDO SOBRE A GUERRA NA UCRÂNIA

Relacionados

Veja Também

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG