Aumenta número de pessoas impedidas de entrar no Reino Unido

Desde 1 de janeiro que o controlo de entradas no país é mais apertado.

Tem aumentado nos últimos três meses o número de pessoas impedidas de entrar no Reino Unido e entre elas estão alguns portugueses. Muitos ainda desconhecem as novas regras de imigração que entraram em vigor depois da saída do Reino Unido da União Europeia.

O controlo de entradas no país é mais apertado desde 1 de janeiro. Os cidadãos comunitários que venham de férias não precisam de visto desde que não fiquem mais de 90 dias. Já quem vem de malas e bagagens tem de trazer um visto de trabalho, estudante ou estatuto de residente. Regras desconhecidas por muitos.

O jornal The Guardian diz que cerca de 3300 cidadãos comunitários já foram impedidos de entrar no Reino Unido. A maioria foi mandada para trás logo nos controlos fronteiriços de portos europeus ou no terminal do Eurostar em Paris. O matutino britânico acrescenta que 738 pessoas acabaram expulsas do país depois de chegarem a portos e aeroportos britânicos. Alguns ficam mesmo retidos em centros de detenção. Há quem fique apenas algumas horas, mas também há quem passe dias à espera de um voo de regresso ao país de origem.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de