Aumento de casos em Inglaterra adia grande parte da jornada de futebol

O crescente aumento de casos em várias equipas da I Liga inglesa já tinha levado ao adiamento de várias partidas anteriormente, cenário agravado este fim de semana.

O aumento de casos de Covid-19 em Inglaterra, aliado à crescente preocupação com a nova variante Ómicron, tem levado ao adiamento de muitos jogos das competições de futebol naquele país.

O crescente aumento de casos em várias equipas da I Liga inglesa, nomeadamente no Manchester United, de Cristiano Ronaldo, Bruno Fernandes e Diogo Dalot, e Brentford, entre outros, já tinha levado ao adiamento de várias partidas anteriormente, cenário agravado este fim de semana, estando previstos se disputar hoje apenas dois jogos da 'Premier League', dos seis previstos.

Em relação aos restantes escalões do futebol profissional inglês, o número de jogos adiados é igualmente elevado, tendo sido afetados cinco dos 10 jogos do 'Championship' (segundo escalão), seis dos 12 da 'League One' (terceiro escalão) e oito dos 12 da 'League Two' (quarto escalão).

A Covid-19 provocou mais de 5,33 milhões de mortes em todo o mundo desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

Uma nova variante, a Ómicron, classificada como "preocupante" pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi detetada na África Austral, mas desde que as autoridades sanitárias sul-africanas deram o alerta, em 24 de novembro, foram notificadas infeções em pelo menos 77 países de todos os continentes, incluindo Portugal.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de