Fábrica da Nespresso. Autoridades suíças descobrem mais de 500 quilos de cocaína

As informações preliminares indicam que o carregamento de café teve origem no Brasil e, segundo a polícia, a cocaína tinha um valor de mercado de quase 50 milhões de euros.

As autoridades suíças anunciaram esta quinta-feira que apreenderam mais de 500 quilos de cocaína num carregamento de grãos de café entregue numa fábrica da Nespresso.

De acordo com a polícia, foram os trabalhadores da fábrica, localizada em Romont, no cantão de Friburgo, que alertaram as autoridades sobre a presença de um "misterioso pó branco" encontrado nos sacos dos grãos de café.

"Os funcionários encontraram uma substância branca indeterminada quando descarregaram os sacos de grãos de café recém-entregues", confirmou a polícia de Friburgo, citada pela AFP.

A análise posterior determinou que o pó branco era mesmo cocaína e, após uma busca a cinco contentores entregues no mesmo dia, foram apreendidos mais de 500 quilos" de droga.

As informações preliminares indicam que o carregamento de café teve origem no Brasil e, segundo a polícia, a cocaína tinha um valor de mercado de quase 50 milhões de euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de