Avião militar que transportava monges cai no Myanmar devido a uma tempestade

Pelo menos sete pessoas, incluindo dois monges budistas proeminentes, morreram.

Um avião militar birmanês que transportava monges caiu esta quinta-feira devido às condições meteorológicas perto de Mandalay, disse um porta-voz da junta militar, explicando que o número de mortos ainda não é conhecido.

O avião, com seis tripulantes e oito passageiros, tinha deixado a capital Naypyidaw na manhã desta quinta-feira para Pyin Oo Lwin, uma cidade na região de Mandalay.

"As comunicações perderam-se quando o avião estava a 400 metros de uma fábrica de metais perto do aeroporto de Mandalay", disse o porta-voz da junta militar Zaw Min Tun numa declaração.

Dois passageiros foram resgatados e levados para um hospital militar, disse, sem dar mais pormenores.

Um alto funcionário da polícia disse à agência noticiosa Frande-Press (AFP) que pelo menos sete pessoas, incluindo dois monges budistas proeminentes, tinham morrido.

Os acidentes de avião são relativamente comuns em Myanmar devido à falta de financiamento para a indústria aérea.

Myanmar tem estado em tumulto desde que a junta militar encenou um golpe a 1 de fevereiro que pôs fim a um hiato democrático de 10 anos e que levou à prisão da antiga líder Aung San Suu Kyi.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de