Banco de Pagamentos Internacionais suspende banco central russo

Instituição disse cumprir as sanções internacionais.

O banco central russo foi suspenso do Banco de Pagamentos Internacionais (Bank for International Settlements, BIS) disse esta quinta-feira um porta-voz desta instituição à AFP.

A instituição, considerada o banco central dos bancos centrais, disse cumprir as sanções internacionais. O BIS revelou que suspendeu o acesso do banco central russo a "todos os serviços do BRS", disse o seu porta-voz à AFP.

A Federação Russa lançou na madrugada de 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia, com invasão por tropas terrestres e bombardeamentos, que segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU) já causou mais de 500 mortos e provocou a fuga de 2,3 milhões de pessoas para fora do país.

O Presidente russo, Vladimir Putin, disse que a "operação militar especial" na Ucrânia visa desmilitarizar o país vizinho e que era a única maneira de a Rússia se defender e durará o tempo necessário.

A Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou uma resolução, em 02 de março, que condena a agressão russa contra a Ucrânia e apela a um cessar-fogo efetivo e imediato, com 141 votos a favor, 5 votos contra e 35 abstenções.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de