Dez detidos na "maior operação" policial na Bélgica

As autoridades federais da Bélgica colocaram esta madrugada centenas de agentes na rua, para desmantelar rede internacional de tráfico de droga.

Terminou com 10 pessoas detidas, a operação policial inédita, lançada esta madrugada na Bélgica, visando o combate ao tráfico de droga e crime organizado, corrupção e criminalidade financeira internacional.

A operação envolveu 1200 agentes, que levaram a cabo perto de 200 operações de busca, tendo como ponto de partida a resolução do enigma de "milhões de mensagens" de telemóveis, trocadas em código, entre grupos ligados ao crime organizado, refere a RTBF.

As buscas centraram-se principalmente em Antuérpia, mas decorreram também em outras cidades como Charleroi, Liège, Hasselt, e Mons, onde a investigação se concentrou nos últimos meses.

A operação, levada a cabo num quadro de cooperação internacional entre polícias, e mantida em absoluto segredo, até esta manhã, visava não só os potenciais traficantes, mas também facilitadores, pessoas ligadas ao branqueamento de dinheiro e protetores por via de ações de corrupção.

A imprensa belga fala em "ramificações internacionais", presentes nas investigações "com vários anos". Tudo indica que nas últimas semanas houve avanços nas investigações, que conduziram agora a esta operação.

De acordo com a procuradoria federal, os 10 detidos serão ainda hoje presentes a um juiz de instrução, que determinará as medidas de coação que lhe serão aplicadas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de