Bélgica e República Checa registam recordes diários de novos casos de Covid-19

República Checa bate novo recorde com mais de 15 mil infeções num dia. Já a Bélgica registou 15.432 casos de infeção pelo novo coronavírus na sexta-feira, o maior número de infeções diárias registadas no país desde o início da pandemia.

A Bélgica registou 15.432 casos de infeção pelo novo coronavírus na sexta-feira, o maior número de infeções diárias registadas no país desde o início da pandemia, anunciou este sábado o instituto de saúde pública Sciensano.

O recorde anterior ocorreu no domingo, quando 12.969 infeções pelo novo coronavírus, que provoca a Covid-19, foram detetadas no país.

Entre 14 e 20 de outubro, foram confirmados, em média, 11.201 casos por dia, o que representa um aumento de 56%, comparativamente à semana anterior.

Segundo a agência de notícias belga, na conferência de imprensa, realizada na sexta-feira, sobre a situação epidemiológica, os porta-vozes da saúde afirmaram que o limite de 20 mil casos diários não deve demorar a ser ultrapassado.

No total, 287.700 pessoas foram infetadas pelo SARS-CoV-2 desde o início da pandemia na Bélgica, país com 11,5 milhões de habitantes.

Neste momento, 4061 pessoas estão hospitalizadas devido à Covid-19, 632 das quais em cuidados intensivos.

Desde o início da crise pandémica, já morreram 10.658 pessoas no país.

Entre 14 e 20 de outubro, morreram em média 37,1 pessoas, o que representa um aumento de 12 óbitos comparativamente à semana anterior.

A taxa de positividade para os testes é de 17,5%.

De acordo com uma publicação do Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças, na sexta-feira, a Bélgica registou uma incidência cumulativa de 1.019,8 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias, o segundo maior valor da União Europeia, permanecendo apenas atrás da República Checa.

A pandemia de Covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 41,3 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

República Checa com mais de 15 mil infeções num dia

​​​​​​A República Checa registou mais de 15 mil novos casos diários de infeção pelo novo coronavírus, batendo assim um novo recorde, segundo dados divulgados este sábado pelo Ministério da Saúde.

O Ministério da Saúde afirma que o aumento diário de casos confirmados de Covid-19 no país chegou aos 15.252 na sexta-feira. O recorde anterior de 14.968 casos tinha sido atingido na quarta-feira.

O número de casos tem vindo aumentar nos últimos dois meses, apesar das restrições rígidas no país, que incluem limites de movimentações, fecho de lojas, escolas e restaurantes, proibição de competições desportivas e ajuntamentos de mais de duas pessoas, além do uso obrigatório de máscaras ao ar livre e nos automóveis.

O número de doentes com Covid-19 internados nos hospitais ultrapassou pela primeira vez os 5.000, colocando o sistema de saúde sob pressão.

Desde o início da pandemia, a República Checa registou mais de 238.300 casos confirmados do coronavírus SARS-CoV-2, que provoca a doença Covid-19, dos quais mais de 78 mil nos últimos sete dias, e registou 1971 mortes relacionadas com o vírus.

A média de novos casos diários de sete dias aumentou nas últimas duas semanas de 41,78 novos casos por cem mil pessoas em 9 de outubro, para 104,33 novos casos por cem mil pessoas na sexta-feira.

A pandemia de Covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 41,3 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

LEIA AQUI TUDO SOBRE O NOVO CORONAVÍRUS

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de