Bernie Sanders elogia libertação de Lula e recorda combate à pobreza no Brasil

Lula da Silva saiu esta sexta-feira em liberdade.

Numa publicação no Twitter pouco depois da saída da prisão da sede da Polícia Federal de Curitiba, estado do Paraná, sul do Brasil, Bernie Sanders recordou o trabalho político de Lula, um ícone da esquerda e do sindicalismo na América Latina.

"Como Presidente, Lula fez mais do que ninguém para reduzir a pobreza no Brasil e defender os trabalhadores", escreveu Sanders, que se apresenta como o candidato mais à esquerda nas primárias democratas. "Estou muito feliz que ele tenha sido libertado da prisão, algo que nunca deveria ter acontecido em primeiro lugar", escreveu.

Lula da Silva saiu esta sexta-feira em liberdade, cerca das 17h40 locais (20h40 em Lisboa), após o Supremo Tribunal Federal brasileiro ter decidido anular prisões em segunda instância, como era o caso do antigo chefe de Estado, preso desde abril de 2018.

A decisão de libertar Lula da Silva foi tomada esta sexta-feira pelo juiz Danilo Pereira, da 12.ª Vara Criminal Federal de Curitiba, que aceitou o pedido da defesa do antigo Presidente do Brasil e autorizou a sua saída da sede da Polícia Federal de Curitiba, onde esteve preso durante um ano e sete meses.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados