Biden declara estado de emergência em Porto Rico por causa de tempestade tropical

O líder norte-americano ordenou às autoridades que realizem o que for necessário para "salvar vidas, proteger a propriedade, a saúde e a segurança pública, e evitar uma catástrofe".

O Presidente dos Estados Unidos declarou este domingo o estado de emergência em Porto Rico por causa da tempestade tropical Fiona, que se espera que se transforme num furacão quando chegar à ilha nas próximas horas, noticia a Efe.

Segundo a agência de notícias espanhola, Joe Biden ordenou ao Departamento de Segurança Interna e à Agência Federal de Gestão de Emergências (FEMA) que realizem os esforços necessários para "salvar vidas, proteger a propriedade, a saúde e a segurança pública, e evitar uma catástrofe nos 78 municípios" de Porto Rico.

"Especificamente, a FEMA está autorizada a mobilizar e distribuir os recursos necessários para aliviar o impacto desta emergência", referiu a Casa Branca, em comunicado citado pela Efe.

A Efe refere ainda que o governo federal norte-americano vai financiar 75% das medidas de emergência.

Ao início do dia, o governador de Porto Rico, Pedro Pierluisi, anunciou que tinha solicitado a declaração de estado de emergência a nível federal, depois de já ter declarado estado de emergência a nível estadual.

Pierluisi também referiu que 79 abrigos dos 365 existentes estão a abrigar 101 pessoas em 26 municípios, com Guayanilla e Cabo Rojo a registarem mais deslocados.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de