Biden descarta "concessões" a Putin sobre a adesão da Ucrânia à NATO

O presidente norte-americano defendeu que qualquer país deve ser capaz de "escolher livremente" a quem se associar.

O Presidente dos Estados Unidos Joe Biden recusou fazer "promessas ou concessões" ao chefe de Estado russo Vladimir Putin, que pretende sobretudo que a NATO feche as portas à entrada da Ucrânia, divulgou fonte da Casa Branca.

Durante a conferência virtual desta terça-feira entre os dois líderes, que durou duas horas, o presidente norte-americano defendeu que qualquer país deve ser capaz de "escolher livremente" a quem se associar, revelou o assessor de segurança nacional da Casa Branca, Jake Sullivan, durante uma conferência de imprensa.

Biden, referiu a mesma fonte, descartou "promessas ou concessões", perante as exigências do Presidente da Rússia, Vladimir Putin, especialmente relativas ao bloqueio da entrada da Ucrânia na Aliança Atlântica.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de