Reportagem TSF. Ucranianos acreditam na vitória e esgotam viagens de regresso a Kiev

O primeiro-ministro, António Costa, chega esta quinta-feira à Polónia, onde vai visitar um centro de acolhimento de refugiados instalado no Estádio Nacional de Varsóvia.

António Costa chega esta quinta-feira à tarde a Varsóvia, mas vai encontrar uma situação distinta do que se tem vivido nas últimas semanas na capital da Polónia.

Numa das principais estações da capital polaca, que serve os comboios internacionais, encontram-se muitas famílias ucranianas (principalmente mulheres e crianças), mas agora não estão a fugir da Ucrânia, mas a voltar ao seu país natal. Os bilhetes para Kiev e outras cidades ucranianas estão esgotados até ao final do mês.

Depois de terem fugido depois do dia 24 de fevereiro e estarem cerca de 80 dias fora do país, Os ucranianos acreditam que a vitória na guerra está próxima e confiam nas forças armadas do país atacado. Por isso, o fluxo de passageiros está a inverter-se.

O Estádio Nacional de Varsóvia, construído para o Campeonato da Europa de 2012, está transformado num gigantesco centro de acolhimento de refugiados. O primeiro-ministro, António Costa, vai visitar esta sexta-feira o local, bem como os encontros protocolares com o homólogo polaco, Mateusz Morawiecki.

Antes, ainda esta quinta-feira, vai ter um encontro com empresários portugueses residentes na Polónia.

ACOMPANHE AQUI TUDO SOBRE A GUERRA NA UCRÂNIA

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de