Pastelarias chinesas proibidas de vender bolos com a forma da mascote de Pequim 2022

Foram encontradas pastelarias a vender exemplares em forma de bolo da mascote dos Jogos Olímpicos de Inverno, em Pequim, sem autorização da organização.

Alguns pasteleiros chineses começaram a comercializar bolos com a forma de Bing Dwen Dwen, a mascote dos Jogos Olímpicos de Inverno, em Pequim. Contudo, a organização começou a proibir as pastelarias de vender devido a direitos de licenciamento.

As autoridades da região estão a investigar diversos negócios que aproveitaram a popularidade da mascote para vender sem autorização.

Uma pastelaria na zona do sudeste de Jiangsu foi reportada por locais à polícia por estar a publicitar o novo produto, mas foi prontamente proibida "pela falta de autorização", dizem as autoridades.

"Bolos de 15 centímetros com a forma de Bing Dwen Dwen foram encontrados e a loja estava a vender três exemplares por 600 yuan (cerca de 83,50 euros)" disse um supervisor de lojas da cidade chinesa de Nantong.

"Os direitos de propriedade intelectual, como as patentes e copyrights do Bing Dwen Dwen são da responsabilidade do Comité dos Jogos Olímpicos de Inverno, em Pequim", diz uma nota oficial da prova.

Uma loja de doces na cidade de Shantou também foi impedida de vender bolos da mascote e com a forma anéis olímpicos.

Com o ano novo chinês a coincidir com os Jogos Olímpicos de Inverno, a produção de brinquedos com a forma da mascote diminuiu e há pessoas a vender os produtos a mais de dez vezes além do valor original, 200 yuan ou 27,80 euros.

Os Jogos Olímpicos de Inverno começaram a 4 de fevereiro e terminam no dia 20 deste mês, em Pequim, capital da China.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de