Bombeiros de Madrid procuram dois operários desaparecidos após explosão. Há 17 feridos

Um dos feridos está em estado grave.

Os bombeiros de Madrid continuam as buscas para encontrar dois operários desaparecidos depois de uma forte explosão num edifício no bairro de Salamanca que provocou ferimentos em 17 pessoas, estando uma delas em estado grave.

"Os bombeiros de Madrid estão à procura de dois trabalhadores desaparecidos após a explosão", disseram os serviços de emergência através da rede social Twitter.

De acordo com o último relatório dos serviços de emergência, 17 pessoas foram tratadas por ferimentos, quatro delas foram transferidas para hospitais, uma em estado grave.

Segundo o presidente da Câmara Municipal de Madrid, José Luis Martínez Almeida, as causas da explosão podem estar relacionadas com as obras que estavam a ser realizadas no prédio.

Os serviços de emergências de Madrid, por seu lado, tinham informado inicialmente, às 14h42 locais (menos uma hora em Lisboa), que 13 pessoas tinham ficado feridas e três tinham sido transportadas para o hospital.

Entretanto, os residentes feridos estão a ser tratados por médicos da Proteção Civil, que instalaram no local um hospital de campanha.

A explosão ocorreu às 13h30 locais, tendo sido registados danos materiais no mobiliário urbano e nos veículos estacionados na área circundante.

Segundo a EFE, fontes dos serviços de emergência de Madrid confirmaram que uma escola (Nuestra Señora de Loreto), muito perto do local da explosão, não teve de ser evacuada e que os alunos e o pessoal docente permaneceram no seu interior.

A Polícia Municipal de Madrid encerrou ao trânsito a zona para facilitar o trabalho dos serviços de emergência.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de