Brasil com 1910 mortes em 24 horas, máximo diário desde o início da pandemia

País atingiu um máximo diário de mortes pelo segundo dia consecutivo.

O Brasil contabilizou 1910 mortes devido à Covid-19 nas últimas 24 horas, o maior número desde o início da pandemia e que eleva o total para 259.271 vítimas mortais, informou o Governo brasileiro.

Este é o segundo recorde consecutivo de mortes que o Brasil regista em 48 horas. Na terça-feira, o país sul-americano somou 1.641 óbitos, menos 269 face aos números de hoje.

No momento em que vários especialistas em saúde afirmam que este é o pior momento da crise no Brasil, a nação, com cerca de 212 milhões de habitantes, registou ainda 71.704 novos casos de infeção nas últimas 24 horas, o segundo número mais alto de sempre, depois de 07 de janeiro, quando se contabilizaram 87.843 diagnósticos de Covid-19.

No total, o Brasil concentra 10.718.630 casos de infeção desde que a pandemia chegou a território brasileiro, há pouco mais de um ano.

Os dados fazem parte do último boletim epidemiológico difundido pelo Ministério da Saúde brasileiro, e mostram uma segunda vaga da pandemia mais acentuada do que a primeira, cujo pico foi atingido em meados de julho último.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de