Brasil está a desenvolver a sua própria vacina contra Covid-19

Instituto Butantan vai pedir esta sexta-feira autorização ao regulador brasileiro para dar início aos testes clínicos da ButanVac.

O Brasil está a trabalhar na criação da sua própria vacina contra a Covid-19. Chama-se ButanVac e está a ser desenvolvida pelo Instituto Butantan, anunciou esta sexta-feira o governador do Estado de São Paulo, João Doria.

Segundo a emissora Globo, será pedida ainda esta sexta-feira autorização ao regulador brasileiro, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), para a realização de testes com voluntários. Se aprovado, o ensaio clínico pode arrancar já em abril.

Já a produção começa em maio, pelo que se espera que a partir de julho estejam disponíveis 40 milhões de doses desta vacina, que dependem de aval da Anvisa para serem usadas em massa na população.

A produção da ButanVac será feita na mesma fábrica que atualmente produz vacinas contra a gripe, anunciou no Twitter o Instituto Butantan, também responsável pela etapa final de produção da Coronavac, a vacina desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac.

Segundo diretor do Instituto, Dimas Covas, esta vacina começou a ser desenvolvido em março de 2020 e utiliza tecnologia 100% brasileira, "a mesma que é usada para a produção da vacina da gripe".

Além do Brasil, a Butavac também será testada no Vietname e na Tailândia, onde a fase 1 do ensaio clínico já foi iniciada.

A Organização Mundial da Saúde também receberá ainda esta sexta-feira todas as informações sobre a ​​​​​​​Butanvac.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de