Capital dos EUA obriga uso de máscara aos residentes estejam ou não vacinados

Cerca de 90% dos novos casos de infeção nos EUA advêm da variante Delta.

A capital dos Estados Unidos da América (EUA), Washington, vai obrigar o uso de máscara para todos residentes, independentemente de estarem ou não vacinados contra a covid-19, anunciou na quinta-feira a presidente da Câmara, Muriel Bowser.

"Eu sei que os residentes de D.C. [District of Colúmbia] têm seguido de perto as diretrizes de saúde pública e vão concordar com isto. Vamos continuar a fazer o que for preciso para manter D.C. segura", adiantou Bowser.

A presidente da Câmara de Washington anunciou que as novas regras entram em vigor no sábado e são aplicadas a todos com mais de dois anos.

A mudança já era esperada devido aos números de infeção locais e às novas recomendações do Centro de Controlo de Doenças (CDC), que incentiva as pessoas vacinadas a usarem máscaras em espaços fechados, em zonas classificadas como possuindo níveis de "transmissão comunitária substancial", como Washington.

O estado emergência da cidade terminou esta semana, mas ainda permanece em vigor o geral dos EUA.

Muriel Bowser realçou que a única exceção às novas regras é quando as pessoas estão "a comer e a beber".

A diretora do Departamento de Saúde de D.C., LaQuandra Nesbitt, acrescentou que haverá um novo impulso de vacinação, porque as vacinas "continuam a prevenir doenças graves, hospitalização e morte".

Na terça-feira, as autoridades de saúde dos EUA recomendaram o uso de máscaras para os norte-americanos já vacinados em espaços fechados em zonas de alto risco, devido ao aumento de infeções pelo novo coronavírus SARS-CoV-2.

"Em áreas onde a transmissão [de covid-19] é alta, o CDC [Centro de Prevenção e Controlo de Doenças] recomenda que as pessoas totalmente vacinadas usem máscaras em locais públicos fechados", disse a diretora do CDC, Rochelle Walensky, adiantando que a variante Delta fez com que a medida fosse necessária.

De acordo com os dados do CDC, o número de infeções está a aumentar drasticamente em grande parte do Sul dos EUA, mas menos no Nordeste, que é a área do país com mais vacinados.

Se a vacinação permanecer eficaz contra a variante Delta, as novas informações "indicam que, em raras ocasiões, as pessoas vacinadas [...] podem ser contagiosas e transmitir o vírus a outras", ressalvou Rochelle Walensky.

"Estas novas descobertas são preocupantes e, infelizmente, justificam uma atualização da nossa recomendação", acrescentou.

Para conter a disseminação da variante Delta, o CDC vai recomendar também que as escolas solicitem uso de máscara aos professores, alunos ou visitantes, estejam ou não vacinados.

Cerca de 90% dos novos casos de infeção nos EUA advêm da variante Delta.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de