Centro da China enfrenta maior queda de chuva desde que há registo

Em apenas três dias, o choveu ao equivalente à média de um ano inteiro, na região chinesa.

O centro da China está a ser atingido por chuvas recorde, que já causaram a morte de pelo menos 25 pessoas e obrigaram à retirada de outras 200 mil. As fortes chuvas, as maiores na região desde que há registo, estão a causar deslizamentos de terra e cheias, com os rios a transbordar.

De acordo com a agência de notícias AFP, em apenas três dias, choveu na China a quantidade de água que deveria cair em todo o ano ano - há 60 anos, desde que começou a haver registo da precipitação, que a queda de água não era tão elevada.

O Presidente chinês, Xi Jinping, já veio classificar a situação como "extremamente severa" e os meios de comunicação chineses estão a afirmar que as medidas de controlo das cheias estão a entrar num "estado crítico".

O exército chinês foi deslocado para ajudar à evacuação da zona de Zhengzhou, à retirada de cerca de 200 mil residentes da cidade, onde vivem mais de 10 milhões de pessoas, e ao resgate de potenciais vítimas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de