Cessar-fogo violado. Israel diz estar a responder "com toda a força" a rockets disparados de Gaza

Três minutos depois da hora acordada para o cessar-fogo, Israel bombardeou posições da Jihad Islâmica Palestiniana.

As forças israelitas confirmaram que três minutos depois do início do cessar-fogo, anunciado pelo Egipto, começaram a bombardear várias posições da Jihad Islâmica Palestiniana.

"Em resposta a rockets disparados contra o território, o Exército israelita está atualmente a bombardear com toda a força posições da organização terrorista Jihad Islâmica na Faixa de Gaza", lê-se num comunicado divulgado pela agência France-Presse.

"O Exército recebeu vários alertas dos sistemas de defesa aérea disparados poucos momentos antes do cessar-fogo, incluindo às 23h29, (21h29 em Lisboa).

Durante este domingo, ambas as partes do conflito tinham chegado a um acordo de cessar-fogo, que começava às 23h30 locais, e que foi negociado pelo Egipto.

Pelo menos 41 palestinianos, incluindo várias crianças, morreram nos últimos dias em resultado dos bombardeamentos israelitas contra a Faixa de Gaza. A informação foi confirmada pelo Hamas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de