Charles Michel chama chefes de Estado ou de Governo a Bruxelas

União Europeia debate esta quinta-feira formas de "lidar com a Rússia".

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, convocou os líderes europeus para uma cimeira de última hora, para avaliar "os últimos desenvolvimentos", e decidir "como lidar com a Rússia".

Charles Michel já emitiu as 27 cartas convites, que dirigiu às capitais europeias, a convocar os governos para um "Conselho Europeu especial na quinta-feira, 24 de fevereiro, que terá lugar presencialmente em Bruxelas e começará às 20h00".

Na missiva, o presidente do Conselho Europeu começa por notar que "o uso da força e da coerção para mudar as fronteiras não tem lugar no século XXI".

"Gostaria de vos agradecer a unidade demonstrada nos últimos dias, nomeadamente através da rápida adoção hoje do pacote de sanções pelo Conselho", continua.

Charles Michel critica "as ações agressivas da Federação Russa", que "violam o direito internacional e a integridade territorial e a soberania da Ucrânia. Eles também minam a ordem de segurança europeia".

"É importante que continuemos unidos e determinados e definimos conjuntamente nossa abordagem e ações coletivas", salientou na carta.

Na reunião convocada de emergência, Charles Michel "gostaria que se discutissem os últimos desenvolvimentos".

No debate será também discutido "como protegemos a ordem internacional baseada em regras", e "como lidamos com a Rússia, nomeadamente responsabilizando a Rússia pelas suas ações"

Por fim, Michel entende que devem ser discutidas formas de como "continuar a apoiar a Ucrânia e o seu povo".

ACOMPANHE AQUI A ESCALADA DE TENSÃO ENTRE A RÚSSIA E A UCRÂNIA

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de