Chefe da Polícia do Capitólio demite-se

Steven Sund irá abandonar o cargo na sequência de acusações de falta de preparação durante a invasão do Capitólio.

O chefe da Polícia o Capitólio apresentou a demissão na sequência da invasão na quarta-feira por parte de manifestantes pró-Trump. A informação foi confirmada por uma fonte, que indicou à Agência France Presse (AFP) que o chefe Steven Sund irá abandonar o cargo efetivamente no próximo dia 16 de janeiro.

A demissão do chefe da Polícia do Capitólio acontece horas depois da líder da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, ter sugerido a sua demissão. A democrata foi uma das muitas personalidades que criticaram o comportamento e a falta de preparação da polícia, responsável por um dos edifícios mais seguros do mundo.

A invasão do Capitólio por parte de apoiantes de Trump provocou pelo menos quatro mortes e várias pessoas foram detidas. Na sequência da violência vivida em plena capital dos EUA, Washington DC, as redes sociais baniram as respetivas contas de Donald Trump.

Os democratas acusaram o Presidente de incitar à violência e ameaçam com o impeachment de Donald Trump. O Presidente eleito dos EUA, Joe Biden, disse esta quinta-feira que a América viveu "um dos dias mais negros" da sua história, sublinhando "um ataque sem precendentes" à democracia.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de