Contagem terminada. Lula vence, mas não evita segunda volta com Bolsonaro

O candidato do PT ultrapassou Jair Bolsonaro desde que foram contados 70% dos votos e nunca mais foi ultrapassado pelo atual presidente do Brasil.

Lula da Silva venceu a primeira volta das eleições brasileiras com 48,42%, seguido de Jair Bolsonaro, com quem irá disputar a segunda volta, a 30 de outubro, com 43,21%. Bem mais atrás ficou Simone Tebet, com 4,16% dos votos.

Os primeiros números do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começaram a ser divulgados assim que as urnas fecharam pelas 17h00 (21h00 em Lisboa) no Brasil.

Em Lisboa, as urnas fecharam pelas 20h00, após o encerramento ser prolongado devido à forte afluência.

Como nenhum dos candidatos presidenciais ultrapassou 50% dos votos válidos, os dois mais votados voltam a enfrentar-se numa segunda volta em 30 de outubro.

Além de Lula da Silva e Bolsonaro, disputaram as presidenciais brasileiras os candidatos Ciro Gomes, Simone Tebet, Luís Felipe D'Ávila, Soraya Tronicke, Eymael, Padre Kelmon, Leonardo Pericles, Sofia Manzano e Vera Lúcia.

O sufrágio também definiu os governadores dos 27 estados do país, renovou os 513 membros da Câmara dos Deputados, 27 senadores e centenas de parlamentares que atuarão nas assembleias regionais do país.

Em Portugal, votaram 80.896 eleitores brasileiros, dos quais 45.273 em Lisboa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de