Corgis e um pónei da rainha também estiveram no último adeus a Isabel II

Muick e Sandy, os últimos orgulhosos representantes de mais de 30 corgis que a rainha teve ao longo da sua vida, e Emma, o pónei que acompanhou Isabel II nos últimos 26 anos, não faltaram ao funeral.

Os dois cães corgis e um dos póneis favoritos da rainha Isabel II estiveram presentes em Windsor, para o último adeus à monarca, juntamente com a família real e representantes de quase todos os países do mundo.

Muick e Sandy, os dois cães da raça galesa que ficaram associados à imagem de Isabel II esperaram pela chegada do cortejo fúnebre, escoltados por dois guardas nos degraus do castelo de Windsor, onde a rainha foi sepultada na segunda-feira, após as extensas cerimónias.

Os dois cães foram adotados por André, o filho mais novo da rainha falecida em 8 de setembro, que ofereceu os animais à sua mãe com poucos meses de intervalo, e que era muitas vezes apontado como "o filho preferido" de Isabel II, mas caiu em desgraça após acusações de agressão sexual a uma menor.

Muick e Sandy, os últimos orgulhosos representantes de mais de 30 corgis que a rainha teve ao longo da sua vida, deram-lhe bastante conforto durante a pandemia, segundo uma tratadora.

Um dos póneis da rainha, Emma, que acompanhou a monarca durante 26 anos, também estava no passeio que atravessa a propriedade real até ao castelo de Windsor no momento em que o carro funerário percorria o caminho.

Isabel II nunca escondeu a sua paixão por cavalos e, mesmo após completar 90 anos, montava frequentemente com um lenço a segurar a sua cabeleira branca.

O seu amor por corgis e cavalos era bem conhecido pelos britânicos. Entre as flores oferecidas em homenagem à rainha, podiam ver-se muitos desenhos de animais, além de cães e cavalos de pelúcia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de