Covid-19: Estado francês requisitou todas as máscaras protetoras

A França registou 204 casos de contaminação pelo coronavírus.

O Estado francês requisitou "todos os 'stocks' e a produção de máscaras protetoras", para distribuir pelos profissionais de saúde e pessoas com o novo coronavírus, anunciou esta terça-feira o Presidente Emmanuel Macron.

A França registou 204 casos de contaminação com o novo coronavírus, um aumento de 13 em relação a segunda-feira, e quatro mortes, sendo o mais recente um homem de 92 anos, que faleceu na Bretanha, região onde milhares de crianças foram afastadas das escolas.

"Requisitei todos os 'stocks' e a produção de máscaras protetoras. Vão ser distribuídas aos profissionais de saúde e aos franceses afetados pelo coronavírus", escreveu o Presidente francês na sua conta da rede social Twitter.

O surto de Covid-19, que pode causar infeções respiratórias como pneumonia, provocou mais de 3.100 mortos e infetou mais de 90.300 pessoas em cerca de 70 países e territórios, incluindo duas em Portugal.

Das pessoas infetadas, cerca de 48 mil recuperaram, de acordo com as autoridades de saúde de vários países.

Além de 2.943 mortos na China, onde o surto foi detetado em dezembro, há registo de vítimas mortais no Irão, Itália, Coreia do Sul, Japão, França, Hong Kong, Taiwan, Austrália, Tailândia, Estados Unidos da América, San Marino e Filipinas.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou o surto de Covid-19 como uma emergência de saúde pública internacional de risco "muito elevado".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de