Covid-19 já matou 30 mil pessoas no mundo, dois terços das quais na Europa

Já foram identificados 640,770 casos a nível global.

A pandemia do novo coronavírus matou pelo menos 30.003 pessoas no mundo inteiro, dois terços na Europa, desde que a doença surgiu em dezembro na China, segundo um balanço da AFP às 19h00, a partir de dados oficiais.

Segundo a agência de notícias francesa, já foram diagnosticados mais de 640.770 casos de infeção pelo novo coronavírus, que provoca a doença Covid-19, e a pandemia espalhou-se por 183 países ou territórios.

A AFP alerta que o número de casos diagnosticados reflete apenas uma fração do número real de infeções, já que um grande número de países está agora a testar apenas os casos que requerem atendimento hospitalar.

Entre o total de casos, pelo menos 130.600 pessoas são agora consideradas curadas.

Desde a contagem feita às 19h00 de sexta-feira, 3417 novas mortes e 68.734 novos casos foram registados em todo o mundo.

Os países com mais mortes nas últimas 24 horas foram a Itália, com 889 novas mortes, a Espanha (832) e os Estados Unidos (453).

A Itália, que teve a sua primeira morte ligada ao novo coronavírus no final de fevereiro, tem agora 10.023 mortes, em 92.472 casos. Só hoje foram anunciados 5974 novos casos e 889 mortes, enquanto 12.384 pessoas são dadas como curadas pelas autoridades italianas.

Depois da Itália, os países mais afetados são a Espanha, com 5690 mortes, em 72.248 casos, a China continental, com 3295 mortes (81.394 casos), o Irão, com 2517 mortes (35.408 casos) e a França, com 2314 mortes (35.575 casos).

A China (sem os territórios de Hong Kong e Macau), onde a epidemia começou no final de dezembro, registou de sexta-feira para hoje 54 novos casos e mais três mortes. E indicou que 74.971 pessoas estão curadas.

Em número de casos, os Estados Unidos são o país mais afetado, com 115.547 contaminações, segundo os números oficiais, contabilizando ainda 1891 mortes e 921 pessoas curadas.

Desde sexta-feira às 19:00 (hora de Portugal), o Brunei, o Togo, o Sri Lanka, o Qatar e a Jordânia anunciaram as primeiras mortes ligadas à Covid-19.

Por continentes, segundo a contagem da AFP, a Europa totalizava às 19h00 de hoje 21.334 mortes, para 351.877 casos.

A Ásia tinha 3742 mortes, para 103.943 casos. O Médio Oriente registava 2592 mortes, para 43.414 casos.

Os Estados Unidos e o Canadá tinham 1950 mortes, para 120.981 casos.

A América Latina e Caraíbas contavam 242 mortes, para 12.315 casos. A África tinha 128 mortes, para 4103 casos, e a Oceânia 15 mortos, para 4145 casos.

Esta avaliação foi realizada usando dados coletados pelos escritórios da AFP, das autoridades nacionais competentes e informações da Organização Mundial da Saúde.

Portugal regista hoje 100 mortes associadas à Covid-19, mais 24 do que na sexta-feira, enquanto o número de infetados subiu 902 para 5170, segundo os dados hoje divulgados, no boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de