"Crise agravou-se bastante." Cancelada visita de representantes do Partido Popular Europeu à Ucrânia

À TSF, o eurodeputado Paulo Rangel explica que o pedido de cancelamento da viagem foi feito pelas autoridades ucranianas. Dado ao agravar da crise, "o primeiro-ministro [ucraniano] e o Ministério da Defesa têm de estar totalmente focados na gestão da crise".

A situação na Ucrânia está a agravar-se e, por isso, foi cancelada a visita de representantes do Partido Popular Europeu (PPE) ao país. O eurodeputado Paulo Rangel, que ontem devia ter aterrado em Kiev, explicou à TSF, que o pedido para o adiamento partiu das autoridades ucranianas.

"As autoridades ucranianas tinham pedido para a missão ser adiada, o que significa ser cancelada", afirmou, sublinhando que o objetivo da missão era "mostrar solidariedade aos ucranianos, fazer uma avaliação da situação e encorajá-los a manter, tanto quanto possível, os esforços diplomáticos até ao último minuto".

"O que acabou por suceder foi que, dado que a crise se agravou bastante, o primeiro-ministro [ucraniano] e o Ministério da Defesa tinham de estar totalmente focados na gestão da crise", acrescentou.

No sábado, repetiram-se os avisos de vários países, incluindo de Portugal, para que os cidadãos nacionais abandonem a Ucrânia. Várias companhias aéreas deixaram de voar para Kiev, dados que também contribuíram para o cancelamento da viagem dos parlamentares do PPE.

"Ontem mesmo, quer França, quer a Alemanha, deram indicação a todos os seus nacionais para saírem da Ucrânia o mais depressa possível. Havia aqui um motivo de agenda e precipitação da crise, um motivo do lado europeu de preocupação com a segurança dos membros da missão e, por outro lado, havia também um motivo operacional, porque a partir do momento em que o governo alemão deu esta indicação a Lufthansa suspendeu os seus voos", assinalou.

A missão do PPE segue agora para a Lituânia, o país do báltico que faz fronteira com a Bielorrússia e com o enclave russo de Kalingrado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de