Descoberta nova lesão pulmonar ligada a cigarros eletrónicos com líquido

Estas lesões são diferentes dos casos detetados recentemente nos Estados Unidos.

Um grupo de investigadores do Canadá anunciou esta quinta-feira a descoberta do que consideram ser um novo tipo de lesão pulmonar causado pela vaporização com cigarros eletrónicos com líquido e que é semelhante à bronquiolite obliterante.

Segundo os investigadores, estas lesões são diferentes dos casos detetados recentemente nos Estados Unidos e que têm sido relacionadas com o vaping (a vaporização associada a consumo de cigarros eletrónicos). A investigação foi publicada pela revista da Associação Médica do Canadá e baseia-se no caso de um adolescente de 17 anos que usa diariamente cigarros eletrónicos a que são adicionados líquidos e THC, uma substância psicoativa encontrada na canábis.

O jovem foi hospitalizado e foram identificadas lesões pulmonares semelhantes às de uma bronquiolite obliterante, uma forma rara de doença pulmonar obstrutiva crónica. A condição de saúde do jovem agravou-se de tal modo que os médicos chegaram a referenciá-lo para um centro de transplantes. Apesar de ter evitado o transplante pulmonar, o jovem tem lesões irreversíveis nos pulmões.

Depois de descartar outras possibilidades, os investigadores identificaram como a mais provável causa das lesões os líquidos usados para dar sabor aos cigarros eletrónicos.

"Este novo modelo de lesão das vias respiratórias associado ao vaping que provoca uma obstrução crónica parece ser diferente da lesão alveolar que caracteriza os recentes casos nos Estados Unidos e os sete casos confirmados ou prováveis no Canadá", afirmou Karen Bosma, uma das investigadoras, citada pela agência EFE.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados