Desmantelada rede terrorista paquistanesa em Itália e noutros países europeus

Operação resultou na "detenção de cidadãos paquistaneses".

Uma operação antiterrorista coordenada pela Europol em Itália e noutros pontos da Europa permitiu desmantelar uma rede paquistanesa envolvida num ataque realizado em 2020 junto às antigas instalações do jornal satírico Charlie Hebdo, anunciou esta terça-feira a polícia italiana.

A operação, coordenada pelo ministério público de Génova, no norte do país, e pela direção da unidade de combate à máfia e ao terrorismo, resultou na "detenção de cidadãos paquistaneses", anunciou a polícia num comunicado, referindo que foram emitidos 14 mandados de captura.

Os membros desta rede, "todos suspeitos de associação criminosa com o objetivo de terrorismo internacional", estão "diretamente ligados a Zaheer Hassan Mahmud".

Este último, de nacionalidade paquistanesa, feriu com um cutelo um homem e uma mulher, em frente à antiga sede do Charlie Hebdo em Paris, a 25 de setembro de 2020, pensando que eles trabalhavam no semanário, que se tinha, no entanto, mudado após o atentado 'jihadista' de que foi alvo em janeiro de 2015, que se saldou em 12 mortos e cinco feridos graves.

O ataque de 2020 ocorreu durante o julgamento do atentado de janeiro de 2015 contra o jornal satírico, que voltou a publicar caricaturas do profeta Maomé.

A operação também envolveu as unidades antiterroristas de Espanha e França, sob a coordenação do Centro Europeu de Luta Contra o Terrorismo da Europol, precisou a polícia italiana.

"A investigação revelou a existência ativa, em várias províncias italianas e em determinados países europeus, de uma célula terrorista formada por um grupo maior de jovens paquistaneses, que estavam todos em contacto direto com o autor do atentado contra o Charlie Hebdo", indicou ainda.

Quatro paquistaneses, com idade entre 17 e 21 anos, que estavam em contacto com Zaheer Hassan Mahmud, tinham já sido indiciados em França e encarcerados em dezembro de 2020.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de