Dia da Independência em Cabo Verde. Presidente quer país "no top 10 das democracias"

Jorge Carlos Fonseca diz que Cabo Verde deve "ter a ambição de construir um país verdadeiramente desenvolvido que se traduza numa democracia avançada".

Cabo Verde festeja, esta segunda-feira, o Dia da Independência. Numa entrevista à Inforpress, o presidente Jorge Carlos Fonseca referiu-se à importância da consolidação e do aprofundamento da democracia. O presidente de Cabo Verde quer a fasquia mais para cima.

"Devemos ser ambiciosos e trabalhar com mais empenho, com mais rigor, com mais determinação, com mais sentido de pormenor para que com a matéria-prima que nós temos, com os recursos humanos que nós temos, com o potencial que nós temos nas ilhas e na diáspora, a ambição de construirmos um país, um Cabo Verde, verdadeiramente desenvolvido que se traduza numa democracia avançada", afirmou Jorge Carlos Fonseca.

O presidente de Cabo Verde quer "uma democracia que nos rankings não seja a 27.ª ou 28.ª, mas que esteja no top nas melhores democracias do mundo, no mínimo no top 10 das democracias".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de