Elon Musk questiona publicação do CEO do Twitter sobre contas falsas

Comentários surgem depois de Musk ter levado os investidores ao limite ao anunciar que suspendia temporariamente a compra da plataforma, para pouco depois retificar esta informação e indicar que continuava comprometido com sua aquisição.

O bilionário Elon Musk questionou esta segunda-feira um conjunto de mensagens do diretor executivo do Twitter, onde Parag Agrawal estimou que existem cerca de 5% de contas falsas naquela rede social.

Na reação à mensagem de Parag Agrawal, o homem mais rico do mundo respondeu com um 'emoji' provocativo [excremento sorridente].

"Como é que os anunciantes sabem o que estão a receber pelo seu dinheiro? Isso é fundamental para a saúde financeira do Twitter", questionou depois Elon Musk.

Estes comentários surgem depois do fundador da Tesla ter levado os investidores ao limite ao anunciar que suspendia temporariamente a compra da plataforma - que tinha anunciado por quase 44.000 milhões de dólares -, para pouco depois retificar esta informação e indicar que continuava comprometido com sua aquisição.

Na sexta-feira, Elon Musk 'twittou' que o acordo com o Twitter foi suspenso temporariamente, enquanto aguarda detalhes que suportem a estimativa de que as contas falsas representam menos de 5% dos utilizadores.

No entanto, algumas horas depois, o empresário mudou de ideias e 'twittou' que ainda estava "comprometido com a aquisição".

Esta segunda-feira, Parag Agrawal sublinhou, na sua mensagem, que a rede social suspende todos os dias mais de meio milhão de contas 'spam' "mesmo antes que os utilizadores possam vê-las".

"O desafio mais difícil é que muitas contas que parecem superficialmente falsas são na verdade pessoas reais. E algumas das contas falsas que são realmente as mais perigosas e causam mais danos aos nossos usuários podem parecer totalmente legítimas", acrescentou.

Segundo Agrawal, é por isso que a equipa do Twitter não consegue identificar todos os perfis falsos.

"Medimos isso internamente. E a cada trimestre, estimamos que menos de 5% do número de utilizadores ativos diários monetizáveis (mDAU) do trimestre são contas de spam", observou.

No entanto, o CEO indicou que as "estimativas internas reais para os últimos quatro trimestres ficaram bem abaixo de 5%".

Elon Musk sugeriu esta segunda-feira, durante uma conferência de tecnologia em Miami, que gostaria de pagar menos pela compra do Twitter e que um acordo viável por um preço mais baixo não estava fora de hipótese.

Esta informação foi avançada pela Bloomberg News, que referiu ter visto um vídeo ao vivo da conferência através de um utilizador do Twitter, noticiou a agência AP.

Ainda no All In Summit, Musk estimou que pelo menos 20% das 229 milhões de contas do Twitter são 'bots' de 'spam', referindo que a percentagem está no limite inferior da sua avaliação, segundo o relatório.

A organização do All In Summit referiu, através de 'email' que irá publicar o vídeo da presença de Musk nos próximos dias.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de