Embaixada dos EUA ordena saída do pessoal não essencial na Ucrânia

Na sexta-feira, os Estados Unidos apelaram aos seus cidadãos para deixarem a Ucrânia o mais rapidamente possível, tal como alguns países da Europa.

A embaixada dos Estados Unidos em Kiev ordenou neste sábado a retirada do seu pessoal não essencial, depois de Washington ter alertado para a iminência de uma ofensiva russa contra a Ucrânia.

"Hoje, o Departamento de Estado ordenou a partida de funcionários norte-americanos não essenciais da embaixada devido aos contínuos relatos de uma acumulação militar russa na fronteira com a Ucrânia, indicando a possibilidade de uma ação militar significativa", anunciou a embaixada em Kiev na rede social Twitter.

Na sexta-feira, os Estados Unidos apelaram aos seus cidadãos para deixarem a Ucrânia o mais rapidamente possível, um apelo que foi seguido por outros países, incluindo Reino Unido, Países Baixos, Canadá, Austrália, Japão, Israel, Bélgica e Alemanha.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de