Encontrados destroços de avião que caiu em 1968 nos Alpes suíços

Restos da aeronave foram encontrados no glaciar Aletsch devido ao degelo.

Os destroços de um avião que caiu nos Alpes suíços em 1968 foram descobertos num glaciar, mais de 54 anos depois do acidente, devido ao degelo daquela região, revelaram esta sexta-feira a polícia e os meios de comunicação.

Os restos da aeronave foram encontrados no glaciar Aletsch, no sudoeste do cantão de Wallis, perto dos picos de Jungfrau e Monch.

A polícia de Valais adiantou que os destroços foram encontrados na quinta-feira.

"As investigações determinaram que as peças são dos destroços de um Piper Cherokee, registro HB-OYL, que caiu neste local em 30 de junho de 1968. O trabalho de recuperação será realizado o mais rápido possível", explicou a polícia em comunicado.

O jornal regional 24 Heures noticiou que a bordo estavam um professor, um médico e o filho deste, todos de Zurique.

Os corpos foram encontrados na época, mas não os destroços.

"Na altura do acidente, há mais de cinquenta anos, os meios técnicos para recuperar os destroços da aeronave em terrenos difíceis eram limitados", acrescentou a polícia.

O mesmo jornal regional referiu que foi um guia de montanha que descobriu os destroços durante uma expedição naquela área.

Devido às mudanças climáticas e ao degelo no glaciar, a rota mudou e agora passa por onde os pedaços do avião foram encontrados.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de