Nord Stream volta a parar. Entregas de gás russo à Europa suspensas até 2 de setembro

Gasoduto Nord Stream vai entrar novamente em manutenção durante três dias.

O grupo russo Gazprom fechou completamente o fornecimento de gás à Europa através do gasoduto Nord Stream esta quarta-feira para operações de manutenção, avança a AFP, citando a Rede Europeia de Operadores de Sistemas de Transmissão de Gás (ENTSOG).

A paragem já fora anunciada, sendo que as entregas de gás russo vão ser interrompidas entre 31 de agosto e 2 de setembro.

"É preciso fazer manutenção a cada 1.000 horas" de operação, indicou a Gazprom há cerca de duas semanas, em comunicado, acrescentando que a unidade de compressão de gás Trent 60 ficará parada durante três dias e que a manutenção contará com a participação de técnicos da Siemens.

Após este período, o fornecimento será retomado com um nível de 33 milhões de metros cúbicos de gás por dia.

O anúncio surge numa altura em que a Europa se depara com problemas energéticos, acusando a Rússia de usar esta fonte como chantagem.

O gasoduto Nord Stream 1 permite a entrega de gás russo à Alemanha através do mar Báltico. O antigo chanceler alemão Gerhard Schröder foi um dos principais impulsionadores desse projeto, que entrou ao serviço em 2012.

O segundo gasoduto deste sistema, o Nord Stream 2, que causou grande controvérsia na Europa, foi acabado, mas nunca entrou em funcionamento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de