Erro do Ministério da Defesa britânico expõe identidade de mais de 250 tradutores afegãos

O governo inglês já pediu desculpa pelo sucedido e o ministro britânico da Defesa, Ben Wallace, já lançou uma investigação sobre este caso.

Mais de 250 tradutores afegãos tiveram identidade exposta num e-mail do Ministério britânico da Defesa, avança a BBC. Muitas destas pessoas que trabalharam com as forças internacionais antes de o Afeganistão cair nas mãos dos taliban permanecem escondidas no interior do país.

O caso aconteceu quando a equipa responsável por responder aos pedidos de ajuda destes afegãos enviou um email para intérpretes que permanecem no Afeganistão ou conseguiram chegar a outros países. Um erro fez com que os endereços de e-mail pudessem ser vistos por todos os destinatários, assim como os nomes das pessoas e algumas fotos de perfil associadas.

O parlamentar conservador e ex-ministro da defesa Johnny Mercer disse à que este erro terá, provavelmente, efeitos nefastos: "A realidade é que deixámos a vasta maioria dos nossos tradutores para trás, então isso terá um impacto profundo nas pessoas que ainda estão no país. "

O governo inglês já pediu desculpa pelo sucedido e o ministro britânico da Defesa, Ben Wallace, já lançou uma investigação sobre este caso.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de