Espanha deixa cair obrigatoriedade de máscara na rua na próxima semana

A medida deverá ser anunciada no Conselho de Ministros da próxima terça-feira, segundo a imprensa espanhola.

Em Espanha, a máscara deixará de ser obrigatória ao ar livre já na próxima semana. O Executivo espanhol pretende eliminar, no Conselho de Ministros a realizar-se na terça-feira, a obrigatoriedade do uso de máscaras nos espaços exteriores, adiantou a ministra espanhola da Saúde, Carolina Darias, avança o jornal El País.

"Confirmo que na próxima terça-feira levaremos ao Conselho de Ministros o real decreto com o qual eliminaremos a obrigação de uso de máscaras no exterior", disse Carolina Darias, numa entrevista na rádio espanhola Cadena Ser.

Contudo, a ministra não precisou quando é que a medida poderia entrar em vigor. A imprensa espanhola indica que tal pode acontecer ainda durante a próxima semana.

A aprovação pelo Conselho de Ministros tem lugar depois de o Governo ter convalidado, a 1 de fevereiro, o último o decreto-lei que tornou obrigatória a utilização de máscaras no exterior, exceto em casos do exercício de desporto individual ou em áreas naturais.

A obrigatoriedade do uso de máscaras nas ruas espanholas foi imposta a 24 de dezembro, mas gerou controvérsia, com vários especialistas a considerarem a medida "mais superficial do que eficaz".

Agora a ministra da Saúde já constatou que "todos os indicadores estão a apresentar melhorias" e que "a circulação do coronavírus está a diminuir"

Na quinta-feira, foram reportadas 74.368 novas infeções em território espanhol, além de mais 183 mortes devido à Covid-19.

A incidência acumulada sofreu um decréscimo, para 2420 casos por cem mil habitantes nos últimos 14 dias. No total, 10.199.716 pessoas foram infetadas e 94.040 morreram desde o início da pandemia.
LEIA AQUI TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de